Concursos e Empregos

Gustavo Mendanha autoriza concurso público para Procurador Jurídico

Cargo tem remuneração atraente. Em janeiro, procurador municipal de Aparecida recebeu quase R$ 14 mil.

Eis uma boa notícia para os concurseiros da área jurídica. O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, autorizou a realização de concurso público para o preenchimento imediato 3 vagas de Procurador do Município.

O último concurso foi realizado, em 2010, no primeiro mandato do então prefeito Maguito Vilela, pelo Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (UFG). Há oito anos, o concurso ofereceu 10 vagas para serem preenchidas. A concorrência geral foi de 48,5 candidatos por vagas. Os requisitos necessários do candidato foram graduação em Direto e inscrição na OAB.

O regime de trabalho de 40 horas e vencimento de R$ 2.700,00. Mas em janeiro de 2018, um procurador municipal efetivo da Prefeitura de Aparecida recebeu até R$ 13.924,38 desse montante, o vencimento atual é cerca de R$ 4.992,68.

Isso é possível em razão do cumprimento da Plano de Carreira, que concede gratificação por incentivo a produtividade e qualificação, chega a quase R$ 14 mil.

CONTRATAÇÃO DA ORGANIZADORA 

Ainda em fevereiro de 2018, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia vai abrir licitação para contração de empresa para realização de concurso público para procurador do município na Procuradoria Geral do Município de Aparecida.

A previsão é que sejam preenchidas de imediato três vagas, mas de acordo o presidente da APAG, entidade que representa os procuradores municipais, Flávio Machado Nogueira, existem seis cargos vagos.

“O ideal seria o aumento do número de vagas, considerando que a população de Aparecida aumentou, mas as três vagas para preenchimento imediato já vão ajudar a fortalecer o trabalho da procuradoria”, afirma o presidente da APAG.

Atualmente, a PGM de Aparecida possui um total 13 procuradores, sendo dois na Subprocuradoria de Licitação; três na Subprocuradoria Judicial; dois na Subprocuradoria Administrativa; três procuradores na Subprocuradoria de Execução Fiscal e três na Subprocuradoria de Patrimônio Público e Meio Ambiente.

O pleito dos procuradores municipais para a realização de concurso público e foi assumido pelo prefeito Gustavo Mendanha em campanha eleitoral. Com a autorização para a realização do certame, o prefeito resgata um compromisso de campanha.

Procuradores Municipais e OAB  de Aparecida comemoram anúncio do prefeito Gustavo Mendanha de realizar novo concurso para advocacia pública.

OAB FICA SATISFEITA COM A DECISÃO DO PREFEITO DE APARECIDA 

O presidente da Subseção de Aparecida, Francisco Sena e o vice-presidente, Roosevelt Santos Paiva, participaram juntamente com integrantes da Associação dos Procuradores de Aparecida de Goiânia (APAG), de reunião com o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, na tarde desta segunda-feira (5).

Sena destacou que o número de vagas autorizadas ainda não é o ideal, mas que já é um início para ajudar a fortalecer o trabalho da procuradoria. “As demandas do município aumentam à medida que a população cresce e, principalmente, um concurso público é uma forma democrática para abrir mais oportunidades para a advocacia, principalmente para aqueles profissionais que desejam atuar na advocacia pública. A OAB acompanhou esse pleito dos advogados públicos, por meio da APAG, que já é antigo, e agora fica satisfeita em saber que teve resultado e que o prefeito foi sensível à reivindicação”, conclui.

FONTE: Com informações da Assessoria de Comunicação da APAG e OAB de Aparecida.



Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *